Degustação Ilercavonia: Um branco para quebrar a rotina

O nome desse vinho inspira-se nos Ilercavones, um povo ibérico desaparecido. Atualmente é citado apenas em documentos da Grécia e Roma antigas ou em círculos científicos e acadêmicos. O território ocupado, Ilercavonia, situa-se na mesma região da vinícola em Tarragona, Espanha.

Prepare-se para uma experiência diferente. Trata-se de um vinho diferente dos brancos que estamos acostumados a encontrar. A garrafa que degustei é uma das apenas 6.000 que foram produzidas em 2011 pela vinícola Altavinis Viticultors, situada no sudoeste da Catalunha.

O baixo volume produzido é justificado por se tratar de um vinho elaborado com os frutos das “Vinhas Velhas”, ou seja, as vinhas mais antigas do vinhedo. Neste caso, com 46 anos de idade. Maturidade que, tratada manualmente com esmero, providencia elegância e complexidade para este vinho extremamente gastronômico, ótimo para acompanhar refeições.

Produzido com 100% de uva Garnacha Branca, o Ilercavonia demonstra a capacidade de equilíbrio que um vinho pode ter. Exemplo disso é seu teor alcoólico de 13,5%. Alto para um branco, que permanece discreto e praticamente imperceptível no nariz. O verdadeiro charme desse vinho, no entanto, é a diversidade de aromas que podem ser encontrados.

Com cor dourada, ele apresenta aromas de frutas como manga, damasco e notas de maçã. Podem ser encontradas algumas referencias florais e outras: que apenas a sua memória pode resgatar. As melhores temperaturas para servi-lo ficam entre 8o e 10o. Como sugestão de harmonização, recomenda-se aves, massas com molhos à base de queijo, foie grass, queijos e peixes.


  1. by karen on 24 de outubro de 2012  10:49 AM

    Hello,
    I've just sent you an email to know a little bit more about your work.
    Regards!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.