Adega de Posts / Fevereiro 2014

  • Dica de leitura para o carnaval. Quadrinhos do Quino: La Aventura de Comer.

  • Nos dias que antecedem os feriados sempre procuro dar alguma dica de leitura sobre publicações que li e gostei - associadas ao vinho, claro. Então vamos lá. Para o feriado dedicado à nossa festa mais profana, nada melhor que celebrar o pecado frequentemente cometido por quem lê esse blog: a gula. Mas celebrar com humor, claro, afinal é carnaval. A dica de hoje é o livrio do Quino, o pai da cél[...]
  • A loja de vinhos da Virgin

  • A Virgin é uma marca que surgiu na indústria fonográfica expandiu suas atividades em diversas outras categorias, chegando a se tornar uma cia. aérea. Ousadia é o que sempre se espera dessa empresa que também vem trabalhando para levar as pessoas para orbitarem o planeta Terra. Não seria estranho, portanto,  se o excêntrico fundador Richard Branson, um dos homens mais ricos do mundo fincasse os[...]
  • Fúlvia Cabernet Franc 2010. O vinho brazuca que bateu um bolão na Suíça.

  • Copa do Mundo na terra da seleção canarinho. O tema está na mídia e redes e nas sociais em todo o globo terrestre e, claro, os estrangeiros estão cada vez mais interessados em conhecer a terra do futebol, carnaval, cerveja, chachaça e vinho. Vinho? Sim Vinho! Várias pessoas de outros países já me perguntaram se existe algum vinho brasileiro bom. A resposta é sim. O Fúlvia Cabernet Franc 2010 d[...]
  • O vinho comemorativo dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia.

  • Graças ao trabalho da francesa Barbe Nicole Ponsardin, a famosa Veuve Clicquot, champagne (e depois espumantes em geral) se tornou sinônimo de celebração. Para comemorar a conquista de uma medalha não seria diferente. Quem não tem  na memória a imagem dos pilotos de F1 esguichando no pódio uma garrafa magnum em toda platéia? Apesar do frio e da Russia ser o país da vodka, sem dúvida serão as ro[...]
  • Uma viagem pela Russia. O terroir de Abrau Durso.

  • Para quem chegou agora: desde o início dessa semana estou publicando uma série de posts sobre a viagem que fiz à Russia em julho do ano passado para conhecer a casa de espumantes Abrau-Durso, criada para servir os Czares e a corte. Como tanto os vinhos como a cultura russa são distantes da nossa realidade, nas publicações anteriores fiz uma viagem no tempo para contextualizar a vinícola. Fi[...]