Adega de Posts / Dezembro 2012

  • Obrigada, Merci, Thanks, Grazie Mille!

  • 2012 foi um grande ano. Encerrei uma história de 15 anos na publicidade para me dedicar à uma paixão, os vinhos. Muita coisa que aprendi passou por esse blog, para que todas as pessoas que se interessam por vinho pudessem através das minhas experiências, se aproximarem mais dessa bebida tão encantadora. Tudo isso só aconteceu porque ao longo deste ano recebi muito apoio de pessoas queri[...]
  • Papo com Maria de Castro, enóloga e proprietária da Quinta da Pellada

  • Como contei outro dia, esse ano decidi alugar um carro e visitar vinícolas portuguesas. As estradas são fantásticas e à medida em que fui me aproximando da região do Dão, a paisagem montanhosa foi surgindo à minha frente. Foi assim que pude ver e sentir a tal da altitude e, quando o dia caiu, da amplitude térmica, tão citadas nos livros como importantes para a produção de vinhos com qualidade.[...]
  • Um brazuca para exploradores

  • Já tinha ouvido falar nessa uva: Peverella? Eu não. Aliás, ando bastante contente com o movimento que vem acontecendo em todo o mundo como conseqüência de pesquisas e experimentos de alguns pequenos viticultores com o objetivo de privilegiar a expressão da fruta e do terroir e não as notas excessivas de madeira oriundas do contato com o carvalho novo. Não é à toa que a última publicação da Jan[...]
  • Fulvia Cabernet Franc 2010. Vinho de garagem brasileiro.

  • Cenas de degustação de quarta feira passada: Locação: Uma galeria de arte contemporânea na cidade de São Paulo. Cena 1: Quadro aberto no ambiente. Quadros enormes forrando as quatro paredes. No centro, provadores de vinhos experientes, amantes e conhecedores de vinhos europeus, acomodados cada qual em uma cadeira diferente, dispostas lado a lado, formando um grande círculo. Eles er[...]
  • Vinhos franceses orgânicos e biodinâmicos. Continuação.

  • No post anterior (aqui) prometi falar dos outros rótulos que me impressionaram na degustação que participei na embaixada da França em Lisboa. Então mãos à obra! Domaine de La Pépière - Loire A vinícola petencedente à Marc Olivier e Rémi Branger localizada na zona ocidental do Loire destoa de suas vizinhas. Isso porque nessa área os vinhos são mais conhecidos pela produção industrial, por[...]
  • Na dúvida, dê um Porto de Natal

  • Essa semana lá se foi mais uma garrafa de vinho do Porto, essa aí da foto. Preciso urgentemente providenciar outra, antes que a tentação seja grande e eu acabe cometendo um infanticídio com as que estou deixando envelhecer na adega! Antigamente era muito comum ter um Porto em casa para servir às visitas. Mas, vejo que a minha geração não tem esse hábito. Uma pena. Então vamos lá pessoa[...]
  • Decantar e respirar são coisas diferentes.

  • Decantar é decantar e respirar é respirar. Simples assim. Dois verbos diferentes que são aplicados à finalidades distintas! Respirar  Assim como fazemos com o nosso organismo, fazer o vinho respirar é colocá-lo em contato com o oxigênio. Isso fará com que ele reaja e libere os seus aromas. É na taça onde isso acontece, mas normalmente se utiliza o decanter para acelerar essa tarefa. Já [...]
  • Arquitetura & vinícolas. Homenagem à Niemeyer.

  • Um dos grandes legados do arquiteto foi atrair olhares estrangeiros  para a sua nação, o que sem dúvida contribuiu para a construção positiva da imagem do Brasil no exterior. As vinícolas, normalmente situadas em locais distantes dos centros urbanos, onde a natureza é generosa, compreenderam muito bem o efeito Oscar. Entenderam que um projeto arquitetônico bem feito é uma poderosa arma estraté[...]
  • Sabe como surgiu o "Mis en Bouteille"?

  • Ao escolher um vinho, principalmente quando não o conhece, uma boa dica é procurar pela frase que muitas garrafas trazem no rótulo: Mis en Bouteille ou "produzido e engarrafado" pela vinícola. Isso assegura que o líquido foi engarrafado no próprio vinhedo onde as uvas foram produzidas e vinificadas, o que significa que passeou menos para lá e para cá e que, sobretudo, não escapou da supervisã[...]
  • Invasão das adegas: Empório Santa Maria

  • Hoje o Laboratório de Sommelier inicia a série de posts Invasão das adegas. O Laboratório visitará diferentes adegas e compartilhará as impressões dos vinhos degustados aqui. Muitas dicas e vinhos bacanas aparecerão, fique ligado! Hoje fiz uma reunião no café do Empório Santa Maria com uma amiga que trabalha com vinhos. Aproveitamos a oportunidade para subir as escadas e degustar algu[...]